«Não me queixo e o Benfica também não se pode queixar»

Não perca o relato na Rádio Clube.

«Não me queixo e o Benfica também não se pode queixar»

O momento para o Paços de Ferreira jogar no Estádio da Luz talvez não seja o ideal, porque há diversos jogadores indisponíveis e João Pedro e Miguel Mota são baixas de última hora por Covid-19, mas César Peixoto não se rende facilmente.

«Esta semana foi um pouco atípica e um pouco mais difícil para mim. Confio muito na minha equipa técnica e nos jogadores, mas não estar presente acaba por não ser igual, a comunicação não passa tão rápido. Mas temos de aceitar as coisas, não me posso queixar», atira o treinador, que deu hoje mesmo o primeiro treino da semana depois de cumprir isolamento por ter estado infetado.
 

César Peixoto não esteve fisicamente presente nos treinos e tem alguns problemas para resolver no onze, mas não é de lamentos  e tem a certeza que o adversário também não vai queixar-se por se apresentar fragilizado. «Não me queixo e o Benfica também não se pode queixar, o futebol tem estes imprevistos, entra um jogador e sai outro, os novos querem mostrar que se pode contar com eles e por isso espero um Benfica forte apesar das ausências», aponta o técnico dos castores.
 

Certo e seguro é que o Paços de Ferreira não vai apresentar-se com uma estrutura muito defensiva no Estádio da Luz. «É normal se o Benfica nos empurrar para trás, mas nós não vamos montar a equipa lá atrás, o Paços de Ferreira não vai mudar de filosofia», promete o treinador.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte(s): www.abola.pt
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Comentários
Publicidade
Publicidade

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\
Publicidade
Publicidade

Envie a sua mensagem e assim que possível respondemos!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.