ASAE apreende 300 mil artigos falsificados que tinham Espanha como destino

Buscas passaram por fábricas da região. Foram constituídos arguidos nove indivíduos

ASAE apreende 300 mil artigos falsificados que tinham Espanha como destino

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 300 mil artigos falsificados no valor de 406 mil euros, entre artigos têxteis, calçado, acessórios e etiquetas, que teriam como destino maioritariamente o mercado espanhol.

Segundo a autoridade policial, foram feitas ações de investigação em fábricas nos concelhos de Felgueiras, Esposende, Fafe, Póvoa de Varzim, Trofa e Vila do Conde, em que foram cumpridos 11 mandados de busca domiciliária, 20 mandados de busca não-domiciliária (incluindo fábricas e veículos) e seis mandados de pesquisa digital a suportes informáticos.

Além de falsificação, a investigação envolveu também o crime de fraude, com a produção e venda de produtos falsificados, fazendo-os passar por autênticos. “Os artigos têxteis saíam da fábrica, já finalizados e embalados, ostentando marcas internacionais registadas e com etiquetas de “Made in Portugal”, com preço de venda ao público com montantes similares aos produtos originais”, revelou a ASAE, em comunicado.

A ASAE desenvolveu ainda outra ação de investigação “no âmbito da tendência crescente da contrafação como crime precedente de branqueamento de capitais”, a partir da qual foram realizadas buscas nas casas de dois empresários, que permitiram encontrar e apreender 277.110 euros em dinheiro, “por suspeita de resultarem da venda de produtos da atividade criminosa, bem como de constituírem forte evidência de fraude fiscal”.

No total, foram apreendidos cerca de 300 mil artigos falsificados no valor aproximado de 406.000 euros e 14 máquinas industriais, no valor de 10.500 euros. Foram ainda apreendidos 17,65 gramas de cannabis e dois selos por suspeita de conterem LSD (Dietilamida do Ácido Lisérgico).

Foram constituídos arguidos nove indivíduos, os quais foram sujeitos a Termo de Identidade e Residência.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte(s): www.imediato.pt
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Comentários

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

Envie a sua mensagem e assim que possível respondemos!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.