PAÇOS BATE TOTTENHAM EM JOGO QUE ENTRA PARA A HISTÓRIA

MATA REAL VIVEU NOITE DE GLÓRIA

PAÇOS BATE TOTTENHAM EM JOGO QUE ENTRA PARA A HISTÓRIA

Que momento histórico puderam os adeptos pacenses viver na Mata Real, lugar mítico para os Castores e que bem mereceu saborear a glória europeia desta noite.


Frente a um grande do futebol europeu, representante da liga mais valiosa do mundo, o Paços agigantou-se e juntou ao seu orgulhoso currículo uma vitória, por 1-0, sobre o Tottenham.


Em jogo estavam dimensões financeiras de enorme diferença, mas a raça, vontade de vencer e também a muita qualidade em campo dos Castores foram a chave de uma inquestionável vitória, que fica para a história.
A equipa inglesa entrou mais forte na partida e foram uns primeiros quinze minutos de alguma dúvida sobre a capacidade pacense para superar o seu adversário. No entanto, o passar dos minutos trouxeram confiança à equipa e o perigo começou a aproximar-se da baliza de Gollini. Foi com um Paços bem mais atrevido que o primeiro tempo se foi aproximando do final e os fantásticos adeptos que coloriram as bancadas de amarelo começaram a acreditar que o triunfo era possível. Em cima do intervalo, em belo lance de contra-ataque pacense, Nuno Santos isolou Lucas Silva e o avançado brasileiro bateu com qualidade para o fundo das redes do Tottenham. Que grande festa da equipa e dos adeptos pacenses, sentindo que se estava a fazer história para o Clube. Foi o melhor momento para chegar à vantagem e sair em alta para o intervalo.


A segunda parte trouxe um Paços seguríssimo a controlar o 1-0 no marcador, sem nunca descurar a possibilidade de aumentar o resultado. Foram 45 minutos de muito equilíbrio entre as equipas, encaixadas entre si e sem veleidades dadas ao adversário. O tempo foi correndo a favor do Paços, que incentivado pelos seus adeptos guardou o precioso triunfo até ao final. Foi emocionante ver, depois, a comunhão entre a equipa e os adeptos na celebração de um triunfo que ficou para a história.


Foi apenas a primeira mão de um play-off que será decidido em Londres, na próxima quinta-feira. Será um jogo muito difícil para uma curta vantagem de 1-0, mas com a mesma raça pacense empregue esta noite em campo, tudo é possível!

Estádio Capital do Móvel, Paços de Ferreira


Árbitro: Maurizio Mariani (Italia), auxiliado por Daniele Bindoni e Stefano Alassio. 4ºÁrbitro: Marco Piccinini.
Disciplina: Cartão Amarelo; Ben Davies (31’), Helder Ferreira (35’), Winks (50’), Luiz Carlos (66’), Juan Delgado (74’) e Bryan Gil (90’).

FC PAÇOS DE FERREIRA: André Ferreira; Fernando Fonseca, Marco Baixinho, Flavio Ramos e Antunes; Luiz Carlos, Eustáquio e Nuno Santos (Matchoi, 62’); Hélder Ferreira, (Uilton, 71’), Denilson Jr (João Pedro, 88’) e Lucas Silva (Juan Delgado, 71’).
Não utilizados: Jeimes, Zé Oliveira, Abbas Ibrahim, Luis Bastos, Jorge Silva, Rui Pires, Lima e Douglas Tanque.
Treinador: Jorge Simão

TOTTENHAM: Gollini; Doherty, Nile John (Jack Clark, 45’), Cristian Romero, Carter-Vickers (Paskotsi, 87’) e Davies; Winks, Lo Celso, Bryan Gil e Sessegnon (J´Neil Bennett, 81’) e Scarlett.
Treinador: Nuno Espírito Santo

Ao intervalo: 1-0

Resultado Final: 1-0

Marcadores: 1-0 Lucas Silva (45’)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte(s): www.fcpf.pt
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Comentários

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

Envie a sua mensagem e assim que possível respondemos!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.